Newsletter

Pesquisar no Blog

Novidades

Fresh Summer: mais tendências do Verão 20!

Fresh Summer: mais tendências do Verão 20!

  admin

Nem só de cores fortes e vibrantes vive o verão! Os tons pasteis, frescos e terrosos também acendem a estação e prometem inspirar as coleções da temporada.

Pangea

Sabe aquele momento do dia em que o sol nasce ou está se pondo, e as cores ao nosso redor vão perdendo a intensidade e ganhando suavidade, fluidez e uma luz sem igual? Assim é o macrotema Pangea, do Verão 20 que, apesar trazer a vibração das cores fortes - clássicas da estação - também investe em tons mais suaves para agregar um toque orgânico às tendências.  Não à toa, desponta aqui uma cartela de cores ardente, terrosa, com pegada rústica, natural, mas um toque minimalista e contemporâneo, principalmente para tecidos de bases e lisos em geral. As modelagens mais confortáveis, alfaiataria mais despojada, peças assimétricas e oversize (destaque para o vestido-envelope, transpassados, saia lápis, colete com saia lápis e blusa) vêm pra descomplicar numa linha “tradicional com pimenta”. Linhos, crepes e rústicos atemporais se misturam às estampas modernas, gráficas e sofisticadas. Mas os acetinados também têm espaço.

Outro desdobramento se apresenta com as peças utilitárias e tudo que este universo traz: tons terrosos, ajustes de cordão, bolsos cargo, abas, pespontos. Porém, nesta estação, esses elementos são usados para criar uma silhueta alternativa, que enfatiza as formas femininas, mas que ainda mantém certa rigidez característica da estética utilitária.

Fairy Tales

Ainda seguindo a tendência dos tons mais calmos, menos vibrantes e, até mesmo, românticos, o mood “contos de fada” tem espaço garantido no Verão 20. Aqui a luz que ilumina é a do entardecer, menos saturada, com azuis mais clarinhos (Céu), verde grama, alaranjados (Harecon) e o marrom mais escuro (Nagô). A atmosfera é mais campestre, bucólica, por isso, o movimento artístico Impressionismo é uma forte inspiração, inclusive para as estampas. Pense em obras de Monet com paisagens deslumbrantes e borradinhas – quase uma paisagem “sonhada”. Existe um sentimento de Fugere Urbem (fugir da cidade, do caos urbano) – um escapismo que remete à natureza como ponto de equilíbrio. Além disso, o toque etéreo, mais sutil, delicado, feminino abre caminho para transparências, translúcidos, iridescentes, organzas e brilhos em modelagens mais amplas, leves, fluidas e confortáveis.

 

Color Fever: A novidade são os chamados “Novos Pastéis Desbotados” – tons leitosos, menos saturados, como o Menta, o Cantaloupe (alaranjado) e o Rosa Cassis  – combinações dos tons apastelados com terrosos. Importante salientar a força do amarelo: aqui temos o chamado “First Sun” – primeiro sol, o solzinho da manhã, em raios de diferentes nuances; do clarinho Trigo, passando pelo Solar até o Queimado.

Padronagens em alta: Leve toque étnico/folk, xadrezes desde o vichy (pique-nique) até os mais clássicos, florais delicados, românticos e filetados.

Se ainda não conhece nossos artigos, entre em contato com consultores Kite através do (11) 2695.0708 ou analista.comercial@kitextil.com.br

Conheça mais sobre a Kite têxtil em:

www.tecidoskite.com.br @tecidoskite | facebook.com/tecidoskite